Barcelona - O Bairro Gótico

setembro 23, 2014 Vera 10 Comments

Barcelona é uma das minha cidades preferidas. Está cheia de vida, de locais diferentes, tem mar e montanha, tem História e mistério, tem muita cor e muita sombra, está cheia de pessoas diferentes e lojas que apetece trazer, tem muita vida. É original, é especial. Sim, eu sei que consigo encaixar o Porto também nesta descrição. :)

Neste (e nos próximos posts) quero mostrar-vos bocadinhos da nossa viagem a Barcelona. Três dias cheios (e com muitos km nos pés), muitos "oh tão bonito" (muitos "oh, tantos turistas" também).

Fachada principal da Catedral de Barcelona, a mais recente, em estilo neogótico, projectada já nos finais do século XIX.

Em Praga fiz uma free walking tour e recomendo vivamente. Voltamos a procurar uma destas visitas (voltamos a fazer com a Sandmans) e parece ser uma aposta sempre ganha. Conhecer uma cidade com alguém que a adora e conhece bem, que se esforça para nos dar a melhor experiência possível (no final pagamos apenas o que queremos, ou achamos que a tour valeu) é uma excelente forma de a conhecer (oh nós aqui). Caminhamos cerca de 3 horas pelo Bairro Gótico. Eu... estive sempre meia perdida em todas aquelas ruinhas e ruelas (de todas as vezes que lá voltamos, naqueles 3 dias, fomos sempre por ruas diferentes, sempre de mapa em punho, sempre a descobrir sítios novos mas sempre... meios perdidos!. Ouvimos muitas histórias, muitos sítios cheios de turistas e outros tantos sem eles (mais um pró para estas tours). 

 Plaza del Rey (imagem Pinterest, não sei o que aconteceu com as minhas fotografias da praça)

Um dos primeiros pontos que vimos é a Praça do Rei. Entre vários edifícios históricos vemos o Palácio Real, sede de governo e morada oficial dos Reis de Aragão e dos condes de Barcelona. Reza a história que Cristóvão Colombo subiu aqueles degraus para apresentar a proposta da sua viagem aos Reis Católicos.


A Catedral de Barcelona começou a ser construída no século XIII sobre uma uma antiga catedral românica (parte da fachada faz parte até da antiga porta da cidade e é possível até ver parte de um aqueduto (reconstruido posteriormente). Ao longo do tempo a catedral foi sofrendo vários aumentos e transformações. A fachada gótica é a minha preferida (gosto de gárgulas!)




 O interior da catedral é, como expectável, lindo (e um bocadinho intimidante). O teto alto, os arcos e as 3 naves formam um obra impressionante (ainda mais agora que sempre que entro numa catedral Gótica lembro-me do Tom e do Jack). A entrada na Catedral é gratuita entre as 8h30 e as 12h00 e após as 17h15.

 Contou-nos a Sibylle que os desenhos desta fachada (e de outras duas do mesmo edifício) são de Picaso. Aparentemente Picaso não apreciava o trabalho de Miró (embora numa pesquisa rápida não tenha encontrado nada sobre o assunto) e defendia que qualquer um poderia ser um "Miró", pegou numa folha e lápis, e com uns desenhos simples "recriou" Miró. Não sei se esta história é ou não verdade mas... aproveitemos os desenhos porque são os únicos trabalhos de Picaso que podemos ver gratuitamente em Barcelona :)

Por falar em Picaso, senhor Pablo estudo na escola de Arte à esquerda. A rua entre a escola e o edifício ao lado é a famosa Carrer d'Avinyó.