154.366

junho 06, 2012 Vera 4 Comments


"Há um ano atrás estava eu no cortejo do Porto. Um enooorrmmeee friozinho da barriga, as cordas vocais no seu máximo, a cabeça a tilintar. Abraços, Sorrisos, Congratulações. Medo, Orgulho, Felicidade. Um misto enorme deste três.

Hoje dava tudo para voltar a estar ali, como nos últimos 5 anos. Percorrer aquelas ruas. Vestir aquela côr. Gritar por Engenharia.

Não acho que a minha vida esteja pior que no ano passado, só diferente. Tenho menos tempo mas mais regular. Mais responsabilidades mas mais dinheiro. Novo sítio, nova cidade, novo projecto, nova rotina, novas pessoas, novos desafios, novas metas.

Sim, eu adoro isto tudo. Mas não me peçam para não querer fechar os olhos e voltar lá uns dias, para querer viver aquilo tudo outra vez. Não me peçam para não estar aqui a morrer de saudades. Porque elas ficam sempre quando os momentos foram realmente bons."
 Texto escrito por mim, a 14/05/2010
 
No Sábado voltei à FEUP e... foi estranho porque percebi que aquele já não era mesmo o MEU espaço. Não havia gente conhecida nos corredores, trabalhos para fazer ou friozinhos na barriga sobre o que estaria para vir. Aquele tempo passou... e eu fico com um sensação estranha por perceber isso mesmo. Avancemos. (mas cheira-me que logo à noite, alguém vai reler as fitas pela milésima vez...)

Também podes gostar disto

4 comentários:

  1. ;) deixa sempre saudades os tempos em que fomos felizes.
    Dia feliz,
    Baci*

    ResponderEliminar
  2. Fica sempre uma nostalgia dos tempos que nos merecem recordações boas... Adoro também ler as minhas fitas... lembra-me as pessoas, os testes, os trabalhos, as aulas, as noites; lembra-me tempos em que era tudo diferente, mas em que fui mto feliz.

    Um dia mostro-te as minhas, que eu tenho lá testamentos muito sentimentais!

    Feliz dia! **

    ResponderEliminar
  3. Sei o que isso é! Ficar com um friozinho na barriga, naquele espaço que era tão nosso, mas que agora pertence a outros... As mesmas paredes, mas caras diferentes... :)

    ResponderEliminar
  4. Xiii...tenho lá as minhas fitas enroladinhas e já nem olho para elas há bue!
    Tenho de lhes dar uma vista de olhos ;)

    ResponderEliminar