196.366

julho 20, 2012 Vera 1 Comments


Domingo, último dia do Workshop, acordei às 5h da manhã para ir levar uns amigos ao aeroporto. Voltei, adormeci, acordei às 8h30 para tratar do "poster" (sim, entre aspas, que aquilo era uma cartolina com fotografias mal coladas) para apresentar. E se já é mau acordar muito cedo num dia, é pior ainda acordar duas vezes cedo no mesmo dia. 

Às 10h estava em Serralves e o humor começou ligeiramente a melhorar. Mostramos resultados, a Mariana comentou as fotografias mais bem conseguidas, debatemos, explicamos as dificuldades sentidas, as dúvidas e depois regressamos à prática. A fotografia com pouca luz, as aberturas, as cores, as sombras... Gosto desta sensação de, depois de muito lido e falado (não só de agora) mas já ter perfeita noção o que são e como se trabalham as variáveis da fotografia, de saber onde devo mexer e porquê, de perceber o que significam os números e sobretudo, de não sentir que não preciso dos modos automáticos para quase nada.

O melhor de tudo? Ver que, embora lentamente, estou melhor. Não tenho qualquer objectivo definido quanto a vir a ser fotógrafa mas gostava muito de tirar boas fotografias. Principalmente das minhas pessoas, dos meus sítios, do que vejo. E apesar do que ainda haver um enrome caminho pela frente, eu noto melhorias e isso é tão bom (estou orgulhosa caramba!). 

Próximos objectivos "técnicos"? Habituar-me a pensar antes de disparar e fazer um "a picture an hour" como deve ser. A ver vamos

Também podes gostar disto

1 comentário:

  1. Nada melhor do que ver que os nossos esforços são recompensados... Neste caso com melhorias efectivas ;)

    ResponderEliminar