Feira do Livro do Porto foi... cancelada.

abril 19, 2013 Vera 6 Comments

Continuo sem perceber porque é que vejo tão poucas pessoas a ler. 

Continuo a achar que "bicho raro" é quem acha um livro com mais de 100 páginas "grande". Um livro nunca é grande, pode no máximo ser pesado para andar na carteira. :)

Continuo a não entender pessoas que não ficam maravilhadas a entrar numa biblioteca, a olhar para uma estante cheia de potenciais sonhos. 

Continuo a gostar muito das pessoas que devoram livros. Que têm vida dentro dos livros. Que choram e riem e se arrepiam enquanto leêm. 

Continuo a achar um chá (ou um fino ou uma café...), um livro e momentos solitários um dos bons pequenos prazeres da vida.

Continuo a querer comprar livros infantis, só porque são sempre tão bonitos.

Continuo a acreditar e que seríamos muito melhores se abrissemos mais horizontes e... os livros são uma maneira bem barata de abrir horizontes.

E por isso não percebo. Não percebo porque os incentivos à leitura são sempre "a menos". Porquê é que as bibliotecas estão muitas vezes mal recheadas (pelo menos a que eu conheço está). Porquê é que as versões portuguesas dos livros são muito mais caras que as versões noutras línguas (e não, claramente não se trata de custos de tradução). Este ano há mais uma na lista: não haverá Feira do Livro no Porto. Uau.

Também podes gostar disto

6 comentários:

  1. Eu sou como tu. Devoro livros e sinceramente não consigo compreender como há tanta gente sem gostar de ler. E também fiquei parva quando soube que, mais uma vez, a leitura é posta de parte ao cancelarem a Feira do Livro no Porto. A ideia que eu tenho, é que querem que as pessoas leiam menos para ficarem cada vez mais burras. É a única conclusão a que chego.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não acho que seja por aí. É a questão da visiblidade. Eu não culpo a câmara (deve suportar o evento, não pagar o mesmo). Culpo a conjuntura actual, culpo a parvoíce reinante da SPA, culpo uma boa parte das editoras...

      Eliminar
    2. Não é pelos nossos hábitos de leitura (que são deficientes, certo) que se justifica que deixem de fazer este evento que, a avaliar por edições de anos anteriores, está sempre à pinha.
      Além disso, apesar de lermos pouco, poucos são os lares portugueses que não têm livros «para fazer bonito». O português pode não ler, mas tem estantes cheias de livros.

      A história do cancelamento desta feira é toda ela política e nada mais. A Associação de Livreiros também é outra máfia que tal, em que copyrights e tradução só contam para 10% do que pagamos; o resto está tudo em canais de distribuição, armazenamento, retalhistas... Enfim, o mundo editorial é fascinante... para quem não o conhece por dentro.

      Eliminar
  2. Concordo plenamente contigo ... Também continuo sem encontrar respostas a essas questões ! :/
    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei que há muito a questão do "pouca gente vai ler, por isso vamos por os livros caros para pagar o investimento". Mas a perspectiva está tão errada... Enfim! Que vale é que ainda tenho stock lá em casa (e há muito para onde me virar qd acabar!)

      Eliminar
  3. "Continuo a achar um chá (ou um fino ou uma café...), um livro e momentos solitários um dos bons pequenos prazeres da vida."

    Como eu entendo... :)

    ResponderEliminar