Vantagem 3001 dos Trasnportes Públicos: obrigam-me a respeitar horários.

maio 14, 2013 Vera 0 Comments

Acordo às 7h porque o T. hoje saiu mais cedo e a Cookie estava a suplicar para vir ter connosco (ao mínimo sinal de movimento, ela mia como se estivesse a ser torturada). "Ah e tal, tenho tempo, vou ficar mais um bocadinho da cama". Espreito notícias, vejo blogues, miminhos da gata e "só mais um bocadinho". Depois os miminhos da gata passam a claros sinais de luta, passo-me com ela, borrifo-a, grito um "não" pela milésima vez. Arrasto-me para o banho, já obviamente atrasada. Saio do banho, passo-me com a gata que está empoleirada onde não pode estar. Tento vestir-me. Gata trepa-me pernas acima "que quer mais mimo" e consegue arranhão na dona número 200. Gata fora do quarto, arranjo-me à pressa, apanho um chocolate "porque não há tempo para mais". Café. Entro no carro arranco já imaginar a quantidade de tempo perdido no trânsito graças à preguiça e molenga. Carro avisa que tenho um pneu furado (não está furado, mas precisa de ser arranjado e perde o ar mais facilmente que os outros). Maravilha das maravilhas. Corro para as bombas. Fila para a bomba de ar. Senhor enche os pneus devagarinho, pega na mangueira da água, volta a pegar na do ar. Carro que está à minha frente na fila desiste. Óptimo. Senhor acaba de encher calmamente os restantes pneus, limpa calmamente as mãos, entra calmamente no carro. Saio do carro, ajusto a pressão do bendito pneu, volto à estrada. É claro que apanhei trânsito. É claro que lá fui eu muito de-va-ga-ri-nho um boa parte do percurso. É claro que quando pego no raio do telemóvel, enquanto conduzo a 10km/h tenho a polícia ao meu lado e levo com uma buzinadela e um aviso. Pelo menos arranjei estacionamento facilmente. E “só” cheguei meia hora depois do que queria. Bom dia.

Também podes gostar disto

0 ops: