Um brinde aos recomeços

janeiro 03, 2017 Vera 2 Comments

Gosto de novos anos. Na verdade... Gosto de recomeços, cadernos vazios, esperança renovada, força de vontade. Tenho vários novos anos. O início de Janeiro, os meus anos, o início de Setembro.

Este Janeiro sinto-me particularmente motivada a pôr mãos na massa. Talvez o meu corpo se tenha habituado que nunca mais vai dormir noites 100% tranquilas. Talvez porque 2016 tenha sido um ano muito bom e por eu acreditar que 2017 será ainda melhor.

Sinto-me com os pulmões cheios de ar. Em 2016 quero melhorar hábitos poucos saudáveis, quero aprender e fazer coisas novas, quero melhorar a minha casa, ler e escrever mais, conhecer sítios novos. Tenho várias listas escritas com inteções (realistas) para este ano.

E depois... quero tudo o resto. O Tempo, o sacana do tempo e da vontade. Para continuar a conhecer o Duarte. Para brincar no chão, para passear. Para gerir noites mal dormidas. Para ouvir "mamamamamamamãs" vezes sem conta. Para ter paciência (muita paciência) para repetir "não" vezes sem fim. Para fingir criança. Para namorar os meus rapazes. Para muitos momentos a dois ou a três ou "a muitos".

2017 promete ser desafiante e trabalhoso mas... promete igualmente ser um ano bom. Venha ele. 

Feliz Ano novo.

Também podes gostar disto

2 comentários:

  1. Um ano para lá de espetacular querida Vera! Que seja tudo o que tu desejares :)
    Fico tão feliz por te saber feliz e de bem com a vida! A sério mesmo! Que haja sempre energia e vontade de pôr as mãos à obra e que nunca falte Amor!

    Muitos beijinhos aqui dos Alpes!

    ResponderEliminar