Milão

julho 23, 2013 Vera 6 Comments


Pequenina, funcional, elegante (mais do que bonita), Milão foi a cidade onde aterramos, ainda em processo "de assimilação". "Estamos casados (wooow), isto é a nossa lua-de-mel (uauuu), correu tudo tão bem (sorriso grande), temos 15 dais só para nós (que bom!).

Foi bom Milão ter sido a primeira cidade e termos as expectativas lá em baixo. Acabamos por gostar mais do que pensávamos à partida. E se é verdade que o centro histórico é pequenino, é também verdade que só a Catedral e as galerias Vittorio Emanuele II já fazem a visita valer.

 A catedral (Duomo) é um dos maiores e imponentes edifícios góticos da Europa. Os pináculos e inúmeras gárgulas e estátuas da cobertura são impressionantes e vale a pena perdermos algum tempo a reparar nos detalhes.


 Os maravilhosos vitrais (eu gosto sempre as cores e contrastes dos vitrais)

Capela na cave (eu sei que não deve ser "cave da catedral"). Cenário perfeito para  reuniões de um Ordem secreta (sim, Dan Brown faz-me mal).

Pilares do corredor central.

 
 Janela/vitral, vista do exterior.

 Galleria Vittorio Emanuele II - zona comercial conhecida como "Il Salotto di Milano" (a sala de visitas de Milão). 

Com uma planta em forma de cruz, o centro é marcada por uma cúpula e mosaicos que representam os quatro continentes.

Projectada pelo arquitecto Giuseppe Mengoni em 1865 (que morreu um ano antes das obras estarem concluídas), as galerias têm um bonita cobertura em metal e vidro (luz!) e estão cheias de lojas, cafés e restaurantes chiquérérérrimas :) (afinal, falamos de Milão!)

 O castelo Sforzesco ocupa o lugar de um antigo castelo da família Visconti.

Pátio interior do castelo.

 Símbolo da família Visconti - governaram Milão entre os séculos XIII e XV, ainda na fachada exterior do castelo.
 Mi
Vista da fachada exterior. A torre central (Torre del Filaret) marca a entrada do castelo.

Milão pode ser vista em 2 dias (já com direito a entradas em museus), é bonita e pequenina. Segundo o que li (e vi do avião), numa próxima oportunidade quero guardar um dia para conhecer o Lago Como (a cerca de uma hora de comboio).

Também podes gostar disto

6 comentários:

  1. Milão foi o primeiro sítio para onde viajei na vida. E gostei mesmo. É uma cidade com um espírito muito próprio.
    Subiste à catedral? Lá em cima é fantástico.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não chegamos a subir (foi parvo, eu sei!). Mas isso não fez com que gostasse menos. Foi uma óptima primeira cidade :)

      Eliminar
  2. Tenho uma amiga que vai viver para Milão em setembro, a ver se é a oportunidade certa para ir conhecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aproveita! :) As viagens nem são muito caras (E a Ryanair voa directa do Porto para lá!)

      Eliminar
  3. Nós vimos o castelo Sforzesco no ano novo, todo iluminado!

    Tenho pena de não termos ido ao Lago!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deve ficar lindo! :) Eu também mas não havia tempo para tudo. Também adorava ter ido a Verona e conhecido mais cidades da Toscana. Fica para a próxima! :)

      Eliminar